Ir direto ao conteúdo

Voltar

O efeito das técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva – Método Kabat – Nas pressões respiratória máximas

O objetivo deste estudo foi analisar o efeito de um programa de treinamento com membros superiores, baseado nas técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP), proposto pelo Método Kabat, nas pressões respiratórias máximas.O estudo foi randomizado, realizado com 14 voluntárias, idade entre 20 e 29 anos (22,9 ± 2,9), divididas em grupo controle (GC) e outro grupo submetido ao treinamento com as técnicas de FNP, denominado grupo treinado (GT).
O protocolo de treinamento físico foi constituído por um programa de exercícios de FNP, realizado com a regularidade de três vezes por semana, durante quatro semanas. Os dois grupos foram submetidos à avaliação da medida da pressão inspiratória máxima (PImáx) e da pressão expiratória máxima (PEmáx), antes e após o período de treinamento.

Os valores em média de PImáx do GC não apresentaram diferenças estatisticamente significantes (p > 0,05) entre antes (111 cmH2O) e após (105 cmH2O), já para o GT houve um aumento significativo (p < 0,05) de 101 para 140 cmH2O.
Assim como, a PEmáx do GC antes e após foi semelhante p > 0,05 (105 e 108 cmH2O respectivamente), já para o GT, os valores aumentaram significativamente após o treinamento de 107 para 155 cmH2O (p < 0,05).
Em conclusão, o protocolo de FNP utilizado parece ser um programa de exercícios eficiente por promover aumento das pressões respiratórias máximas em um curto período de tempo, sugerindo que pode ser utilizado como um recurso fisioterapêutico para o desenvolvimento da força muscular respiratória.